Arquivos para o mês de: janeiro, 2009

centeio

“- Esta queda para a qual você está caminhando é um tipo especial de queda, um tipo horrível. O homem que cai não consegue nem mesmo ouvir ou sentir o baque do seu corpo no fundo. Apenas cai e cai. A coisa toda se aplica aos homens que, num momento ou outro de suas vidas, procuram alguma alguma coisa que seu próprio não lhes podia proporcionar. Ou que pensavam que seu próprio meio não lhes poderia proporcionar. Por isso, abandonam a busca. Abandonam a busca antes mesmo de começá-la de verdade. Tá me entendendo?”

Esse livro é demais, vale muito a leitura.

Anúncios

Outro dia parei e prestei atenção na conversa das vozes na minha cabeça.

O diabinho e o anjinho falavam: 

A: – Caramba, o ano está começando! Tanta coisa pra fazer, tanta vontade. Dessa vez vai ser diferente, tudo vai dar certo. A minha vida vai mudar!

D: – Nhé, vai nada. Só mudou o calendário seu mané. Vai continuar tudo igual como sempre. Uma coisinha acontece aqui outra ali, mas nada pra valer…

A: – Deixa de pessimismo, você reclama demais. Não percebe que só depende da gente? Se fizermos, acontece. Senão, aí sim, tudo fica igual. Olha pra sua cara. Cara de carne inchada. Vendo novela e comendo Fandangos com Coca o dia inteiro. Quando não é isso, é com a cara enfurnada no computador. MSN – FLOG – ORKUT. Isso lá é vida, meu camarada? Vai produzir alguma coisa…

D: – Há há há, deixa de papinho… Tô só descansando aqui, daqui a pouco as idéias vêm e faço tudo de uma vez. Agora me passa esse saco de Doritos aí. Tá pra começar a parte que o Eric Marmo vai  pegar a Gracinha. A essa Gracinha viu… Vou te contar uma coisa….

A:- Mas cara, tudo bem, na vida momentos de ócio são importantes. Mas VOCÊ SÓ FAZ ISSO O DIA INTEIRINHO!!! A balança está desequilibrada. Vem, já está na hora de consertarmos isso.

D: – Rapaz, sai pra lá. Me deixa viver. Você lembra o que cê fez ontem? Isso você não comenta não né. Ou melhor, o que cê fez não, o que deixou de fazer, né brou?! A gatinha toda se querendo, te dando mole e você nada…

A: – Hein?! Do que é que você está falando, seu malu…

PÁÁÁÁÁÁÁÁÁ!!!

O pequeno tinhoso deu uma rasteira e tombou o Anjinho.

Ponto pra ele.

::::::

A preguiça, a vontade de “deixar pra lá”, o “eu faço mais tarde”, atrapalham muito, mas tenho que arrumar um jeito de passar por cima disso tudo. Senão a vida, a minha vida, fica resumida a um esquema muito sem graça. As zonas de conforto são armadilhas. Buracos de luxo. Lugares onde se chega e tem tudo de bom, com tratamento exclusivo e tudo o mais, mas se der bobeira, fica por lá mesmo. Encurta a visão do melhor que ainda está por vir.

Sempre vai ter alguma coisa legal pela frente pra quem não fica estagnado, deixando o tempo passar sem fazer nada

Não quero cair no oba-oba do recente ano-novo, mas a verdade é que ele está aí na minha frente. Na nossa frente. Mais um punhado de tempo pra decidir o que fazer com ele. Dessa vez, fazer diferente.

E ai anjinho, hora de levantar e dar uma voadora nesse mané, hein?

Afinal, o bem sempre acaba vencendo de alguma forma.

Pandora

Mulheres falam por Webdings!

Vou tentar postar todo dia alguma coisa por aqui, promessa de ano novo.

Falando nisso, um ótimo 2009 para todos nós!